RS e Chile devem ampliar negócios

Comitiva do Governo do Estado esteve no Chile na semana passada. Acompanhado de empresários e secretários, o governador Eduardo Leite participou de reuniões e agendas projetando a ampliação dos negócios entre o Rio Grande do Sul e o país chileno.

Em uma das agendas, o governador esteve reunido com representantes da Ultramar, empresa com atuação no setor portuário, e CMPC, do segmento florestal. Os modelos de Parcerias Público-Privadas  (PPPs) e concessões realizadas no país serão estudadas por Leite.

EXPORTAÇÕES

Em 2018, as exportações gaúchas para o Chile alcançaram US$ 489,7 milhões, o maior valor dos últimos dez anos. O mercado chileno é o quarto maior parceiro comercial do RS e deve ser potencializado. “O objetivo principal é fazer com as indústrias gaúchas exportem mais para o Chile, pois o mercado chileno vem realizando muitos negócios com a Europa, Japão e demais países da Ásia”, avaliou o presidente da Federação das Indústrias do Estado (Fiergs), Gilberto Petry, componente da comitiva.
Além de equipamentos agrícolas e de transporte, a linha produtiva de caldeiras também pode ganhar novo fôlego com as transações realizadas com o mercado chileno.

CRÉDITO DE FOTO: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário